Como identificar os condutores que fazem o custo da frota aumentar: Aula prática

Como identificar os condutores que fazem o custo da frota aumentar: Aula prática

Você sabe quais são os condutores que fazem o custo da frota aumentar? 

Esse assunto é muito importante para a sua gestão de frotas.

Neste post, vou trazer soluções para você identificar quem coloca os custos dos seus veículos para cima e fazer isso hoje mesmo!

Porque e como fazer

De todas as funções exercidas por um gestor de frotas, a tarefa de alcançar metas de redução de custo é uma das principais.

Por meio de checklists, relatórios e outras ferramentas, o gestor consegue mensurar dados e utilizá-los para traçar planos de ação.

Porém, de nada adianta todo esse esforço se metade desses resultados dependem única e exclusivamente da condução do condutor.

A forma de conduzir um veículo pode influenciar em diversos fatores, como no gasto com combustível, que é o maior de qualquer frota.

Com isso, vou te passar 5 soluções para lidar com este problema:

1. Identificar os condutores

Não tem como hoje em dia uma empresa não saber quem estava dirigindo seus veículos.

Sem a identificação, o gestor fica impossibilitado de tomar ações, pois ele não vai descobrir quem é que está cometendo abusos no volante.

No final do mês, o seu relatório estará incompleto, e você não saberá qual motorista deverá ser advertido.

Grande parte dos motoristas dessa frota não são identificados

Em um post para o Blog, eu ensinei dicas de como identificar um condutor no veículo da empresa:

Quem estava dirigindo? Formas de Identificar o Condutor da sua Frota e sua Importância

2. Consumo de combustível

Em uma frota de veículos, existem dois cenários:

  1. Motorista fixo por veículo;
  2. Vários motoristas por veículo;

Podemos considerar o primeiro cenário o mais fácil para se analisar, já que o consumo médio de combustível será o mesmo para o motorista.

Já no segundo, é preciso ter mais atenção, visto que vários motoristas utilizam o mesmo veículo, inclusive no mesmo dia.

Se não for gerido da melhor forma possível, faz o custo da frota aumentar e muito.

Uma solução que pode ser implementada é tornar obrigatório que todos os motoristas encham o tanque do veículo antes de devolvê-lo na empresa.

Com isso, você vai conseguir medir o consumo de combustível por motorista, visto que o cálculo sempre será feito com o tanque cheio.

Leia também: Como Calcular e Analisar o Consumo Médio dos Veículos da Sua Frota

No Contele Rastreador, é possível saber qual foi a distância percorrida e qual foi o consumo real de combustível com poucos cliques no sistema.

3. Excesso de Velocidade

Dos eventos de uma frota de veículos, o excesso de velocidade é o mais comum, pode ser também o mais perigoso para o  motorista e o que pode fazer o custo da frota aumentar de forma exponencial.

O excesso de velocidade resulta em:

  • Multas;
  • Maior gasto de combustível;
  • Acidentes;
  • Mais manutenção.

Existem 3 formas de inibir esta prática:

  1. Conscientizando o motorista pela Política de Frota;
  2. Registrando a velocidade por Tacógrafo;
  3. Utilizando um sistema de telemetria.

Com um sistema de telemetria, os rastreadores instalados enviam sinais quando um veículo ultrapassa a velocidade estabelecida, registrando no sistema e gerando assim um relatório.

Relatório de Eventos do Contele Rastreador

4. Carro parado com o motor ligado

Muitos motoristas durante seu horário de descanso, permanecem dentro do veículo parado, porém, com o motor ligado para que o ar-condicionado funcione.

Apesar de parecer inofensivo, essa prática consome muito combustível, e se vários motoristas fazem isso, o resultado é uma conta enorme a pagar.

Com um sistema de gestão de frota, o gestor é capaz de configurar limites de tempo em que um veículo pode permanecer parado com o motor ligado.

Caso esse tempo seja ultrapassado, o rastreador gerará um evento no sistema.

5. Multas

O que muitos não sabem é que é possível eliminar as multas da sua frota.

Por meio da identificação do condutor, o gestor consegue direcionar uma multa que a empresa recebeu para o motorista.

Para isso, é importante que o condutor tenha ciência que ele é passivo a receber multas.

Além disso, as únicas multas que o motorista pode pagar são sobre aquelas infrações resultadas da direção do condutor (excesso de velocidade, ultrapassagem indevida, etc).

Assista a Live na íntegra

Este post foi produzido a partir da nossa Live, se quiser saber quais foram as dúvidas do pessoal que assistiu ao vivo (pode ser a sua também) recomendo que assista a Live na íntegra.

Facilite a sua gestão de veículos com Lives semanais

Se você é gestor de frotas ou simplesmente cuida dos veículos da empresa, e gostou do conteúdo deste post, gostaria de deixar um convite:

Inscreva-se nas Lives Semanais sobre Gestão de Frotas, e aprenda métodos e técnicas, gratuitamente, que vão potencializar a sua gestão de veículos e condutores, reduzindo custos e aumentando a produtividade.

Receba conteúdos no seu celular

Além disso, você pode receber todos os conteúdos novos diretamente no seu celular.

Basta clicar no botão abaixo e nos enviar a mensagem, que iremos te enviar um aviso sempre quando sair um conteúdo novo.