Como Calcular a Média de Combustível em uma Planilha: Saindo do Zero + Dicas Matadoras

Como Calcular a Média de Combustível em uma Planilha: Saindo do Zero + Dicas Matadoras

Você precisa calcular a média de combustível, e isso é mais fácil do que você imagina.

Alguns fatores precisam ser considerados na hora de colocar tudo em uma planilha, como ordenar, aplicar as fórmulas e entender o conceito de cada número.

Está pronto? Pois é isso que eu vou te ensinar neste post:

Por que focar no consumo médio é tão importante?

Já conversei com centenas de gestores de frotas, e eu me surpreendo com a quantidade de gestores que não sabem na ponta da língua qual é o consumo médio da sua frota.

Essa falta de percepção muitas vezes se deve ao fato de não haver um controle deste ítem, tratando o tema superficialmente, por achar que é algo complicado.

Não vou mentir, dá trabalho abastecer uma planilha, mas uma coisa eu posso garantir: os resultados são surpreendentes.

Além de reduzir o consumo de combustível, ter as médias de consumo te possibilita a:

  • Redução de manutenção e de pneus;
  • Redução de multas:
  • Redução de acidentes.

E por que a média baixa traz esses resultados?

Quando a média de consumo está baixa, significa que o motorista está dirigindo o veículo de forma conservadora.

Dirigindo o veículo desta forma, naturalmente você reduz os custos com os 3 ítens citados acima.

Além disso, você adquire uma porção de informações utilizando planilhas, como por exemplo:

  • Identificação do condutor;
  • Km rodado;
  • Odômetro do veículo;
  • Custo do litro do combustível;
  • Gasto total de combustível na frota (em R$ e Litros);
  • Consumo médio por veículo e por motorista;
  • Ranking para premiação de motorista;

Leia também: Treinamento dos Motoristas da Frota: Faça você mesmo e veja os resultados!

Considerações antes de utilizar a planilha

Para que você utilize a planilha da melhor forma possível e consiga o melhor dos resultados, eu listei 5 informações para você se atentar:

A média do consumo não é a média das médias

Somar as médias parciais e dividir não é a média real.

Isso acontece porque em cada jornada o veículo rodou uma quilometragem diferente, assim, não tem como compararmos a média de uma viagem onde o veículo andou 500 km e outra que rodou 150.

Ainda vamos falar aqui como calcular a média de combustível real.

Para carro flex, defina um tipo de combustível e use sempre o mesmo

Defina a utilização de apenas um combustível por categoria de veículo.

Isso é importante para você conhecer o custo por litro real de combustível.

Caso tenha dúvidas de qual escolher, teste um tipo de combustível mensalmente, e veja qual dá o melhor.

Erro no preenchimento impacta na média;

Esse nem precisa falar muito.

O preenchimento errado das informações, principalmente do odômetro, irão prejudicar a média na planilha.

Por isso, instrua para todos os condutores da frota como deve ser feito o preenchimento das informações no checklist.

O Condutor precisa entregar o veículo com o tanque cheio

Instrua sempre o condutor a entregar o veículo na empresa com o tanque cheio.

Além de ser mais econômico e benéfico para os próximos que utilizarem o veículo, só é possível realizar o cálculo da média real a partir de dois tanques cheios.

Quais informações são necessárias para calcular o consumo médio?

Para utilizar uma planilha, você precisa abastecê-la com as seguintes informações:

  • Data e Hora;
  • Nome do Condutor;
  • Hodômetro Atual;
  • Quantidade de litros abastecidas;
  • Valor total ou valor por litro;
  • Tanque cheio (Sim ou Não)
  • Tipo de combustível.

Como calcular a média real de combustível na planilha

Assim que seus motoristas realizarem o registro de abastecimento pelo formulários, as informações chegarão para você na planilha, mais ou menos da seguinte forma:

Antes de iniciar o cálculo, é importante você organizar a planilha em ordem de data/hora e por veículo.

Essa organização é importante para que você faça o cálculo de cada veículo corretamente.

Se não fizer isso, a média dará errado.

Para ordenar, clique em “Criar um filtro”, clique em “Veículo” e depois em “Classificar A – Z”.

Sua planilha agora está assim:

Agora, para calcular a média real, é necessário seguir a seguinte fórmula:

(Odômetro do abastecimento atual – Odômetro do último abastecimento) / Litros abastecidos para encher o tanque)

No Google Planilhas, a fórmula fica assim:

Leia também: Aula PRÁTICA: Como Calcular e Analisar o Consumo Médio dos Veículos da Sua Frota

O que fazer em tanques parciais?

Quando aparecer um tanque parcial, a fórmula apresentará uma média errada.

Para evitar o erro, é necessário fazer uma média a partir do último abastecimento com tanque cheio e um depois do abastecimento parcial.

A fórmula segue a mesma.

Assista a Live completa

Esses foram os principais tópicos abordados na Live.

A Live foi muito produtiva com muito conteúdo e muita interação com o chat ao vivo!
Clique aqui e veja agora mesmo!

Facilite a sua gestão de veículos com Lives semanais

Se você é gestor de frotas ou simplesmente cuida dos veículos da empresa, e gostou do conteúdo deste post, gostaria de deixar um convite:

Inscreva-se nas Lives Semanais sobre Gestão de Frotas, e aprenda métodos e técnicas, gratuitamente, que vão potencializar a sua gestão de veículos e condutores, reduzindo custos e aumentando a produtividade.

Receba conteúdos no seu celular

Além disso, você pode receber todos os conteúdos novos diretamente no seu celular.

Basta clicar no botão abaixo e nos enviar a mensagem, que iremos te enviar um aviso sempre quando sair um conteúdo novo.