Solução para os 3 principais erros na gestão de frotas

Solução para os 3 principais erros na gestão de frotas

Tenho visto com frequência alguns erros na gestão de frotas que prejudicam (e muito!) você e sua empresa, e talvez você nem esteja percebendo.

No post de hoje, vou citar os erros básicos que as empresas mais cometem e, claro, vou te passar gratuitamente as melhores soluções.

Antes de mais nada, é bom tocar no ponto de que o sucesso da carreira de quem gerencia uma frota de veículos está diretamente ligada à performance da frota e da empresa.

Se você é um gestor de frota, ou se você é o dono da empresa, aproveite a oportunidade e verifique se não está cometendo os erros que mostrarei aqui.

Então, vamos passar ponto por ponto e esclarecer como ele prejudica a sua empresa.

1. Não ter uma política de frota bem esclarecida

Política de frota nada mais é do que um documento que organiza tudo que é relacionado à utilização dos veículos da empresa.

Muitos gestores de frotas e empresas não determinam uma política de frota bem esclarecida para seus condutores.

Isso é um erro gravíssimo, pois os veículos são um patrimônio para a empresa e devem ter suas regras.

Quando a empresa opta por não determinar um regimento de uso dos veículos, ela sofrerá de diversos problemas sem perceber, como:

  • Consumo inadequado de combustível;
  • Uso irregular do veículo;
  • Gastos desnecessários com manutenção e multas;
  • Acidentes e problemas jurídicos.

Todos esses problemas aumentam e muito os custos da frota.

Por outro lado, alguma empresas decidem ter uma política de frota extremamente complexa, com dezenas de páginas e uma linguagem jurídica que está longe dos condutores de veículo da empresa.

Então, recomendo utilizar uma política de frota de forma concisa, e em assuntos que realmente impactam a sua frota.

A finalidade do uso dos veículos, velocidade permitida, validade da CNH e as responsabilidades do condutor, são alguns dos itens mais importantes em uma política de frota.

Preparamos um modelo de política de frota pronto para você editar e implementar em sua empresa.

Personalize este documento de acordo com seu perfil, pois sabemos que muitas empresas tem particularidades específicas.

Modelo Política de Frota

2. Falta de gestão de manutenção

Um dos maiores problemas que um gestor de frota pode ter é um veículo parado devido a manutenção corretiva.

Não só pelo tempo que o veículo fica parado, mas também pelos custos que esse tipo de manutenção traz para a empresa.

Além dos custos e tempo de veículo parado, acidentes também são problemas que podem acontecer por falta de manutenção.

Um levantamento do Instituto Scaringella Trânsito mostrou que a falta de manutenção está ligada a 30% dos acidentes urbanos e rodoviários.

Ainda mais, a falta dessa gestão pode acarretar em:

  • Maior consumo de combustível;
  • Infrações de trânsito;
  • Falha nos freios;.
  • Maior depreciação do veículo.

Segundo o Observatório Nacional de Segurança Viária, a simples calibragem de pneus em dia reduz em até 4% o consumo de combustível.

Dessa forma, é fundamental que você tenha um plano de manutenção preventiva.

Você pode começar com um simples checklist do veículo e ir progredindo com o tempo.

O checklist trata-se de uma série de verificações no veículo, a maior parte delas simplesmente visuais, e que deverão ser feitas cada vez que o veículo for utilizado.

No nosso canal sobre gestão de frotas mostrei como é simples economizar com manutenção utilizando o checklist. Veja:

Baixe já o Modelo de Checklist do Veículo.

3. Não fazer o controle de consumo de combustível

O terceiro erro na gestão de frotas que prejudica a sua empresa é a falta de controle de combustível.

Não controlar o consumo de combustível é um erro pois esse indicador é determinante na gestão de veículos.

O mínimo que um gestor de frotas deve ter são informações básicas sobre o consumo da frota. Como por exemplo:

  • Consumo médio de combustível (Km/l) por veículo;
  • Total do custo (R$) mensal de combustível;
  • Quantidade total (litros) consumida mensalmente;
  • Quem abasteceu, em que dia e qual valor.

Recolher essas informações poderá te indicar problemas com os veículos.

Por exemplo, se um veículo está consumindo mais que outro do mesmo modelo, isso pode estar acontecendo devido a um modo de dirigir do motorista, ou ainda, um problema mecânico.

Você pode fazer essa gestão utilizando a nossa Planilha Inteligente de Controle de Abastecimento.

No canal também fiz um vídeo sobre controle de combustível da frota que você pode ver abaixo:

Se você quiser avançar muito mais na solução desses problemas, com pouco investimento você conseguirá resultados ótimos.

Com um sistema de rastreamento e gestão de frotas seu dia a dia fica muito mais fácil e faz sua empresa economizar ainda mais.

Conheça agora como o nosso sistema de gestão de frota pode te ajudar, acesse nossa página: Contele Rastreador.

Espero que você tenha gostado de mais esse post.

Muito obrigado e até breve!