Como mudar a cultura dos motoristas da sua frota

Como mudar a cultura dos motoristas da sua frota

A tarefa de mudar a cultura dos motoristas da sua frota, é um dos principais objetivos de quem se preocupa em fazer uma boa gestão.

O desleixo com o veículo e a falta de interesse na redução dos custos, são queixas comuns que os gestores fazem de alguns motoristas.

Gravei um vídeo para meu canal, onde passo dicas de como mudar a cultura dos motoristas, e tornar esse colaborador um amigo da gestão.

Quem são os motoristas da frota?

Como já falei em outros posts, o motorista pode ser considerado qualquer condutor que utilize os veículos em sua empresa.

Inclusive aqueles que usam os veículos para prestar serviços ou vender produtos.

Ou seja, qualquer colaborador da empresa que utilize os veículos, tem efeito na gestão da frota.

“Empresa x Motoristas”

Se você é um gestor de frota ou dono da empresa, sabe melhor do que ninguém os problemas relacionados aos veículos.

Com minha experiência, posso listar algumas das principais dores:

  • Gastos com combustível;
  • Gastos com manutenção;
  • Receber multas sem saber o real motorista;
  • A falta de indicadores de produtividade;
  • Não saber onde os veículos estão;
  • Alto índice de rotatividade dos motoristas.

A cobrança e a busca por soluções dessas dores, podem gerar alguns “efeitos colaterais”

Um desses efeitos, é o motorista acreditar que a empresa não está no mesmo time que ele.

Isso acaba se tornando uma questão cultural dos motoristas, quase que algo normal nas empresas.

Por isso, nos EUA, é comum ver colantes nos veículos escritos “Drive Like a Boss”, que significa algo como “Dirija como o Dono da Empresa”.

“Dirija como o Chefe” – Colante em Caminhão dos EUA.

O objetivo dessa mensagem é fazer com que o motorista tenha mais cuidado na direção, evitando acidentes, multas e reduzindo os gastos com combustível.

Mudando a cultura dos motoristas

Os colantes são apenas paliativos, que podem servir como exemplo.

Além disso, boa existem outras soluções para esse problema!

Com alguns métodos, é possível levar a transformação para sua frota e, acabar de vez, com a sensação de que o motorista está contra a empresa.

1. Treinamento dos motoristas

Infelizmente, poucas empresas dão a devida importância para o treinamento do motorista.

O que a maioria das empresas esquecem é que, é fundamental o motorista ter conhecimento de itens, como por exemplo:

  • Políticas de aumento da segurança no trânsito;
  • Técnicas de direção segura;
  • Técnicas de direção econômica;
  • Como agir em situações emergenciais.

Além de ajudar a reduzir custos e evitar acidentes de trânsito, o treinamento vai alinhar cada motorista a cultura organizacional da empresa..

Nesse post aqui no blog, eu falo um pouco mais sobre treinamento dos motoristas e a importância para empresa:

Treinamento para Motoristas: Como fazer e quais são os benefícios para sua empresa

2. A tecnologia

Recentemente, desenvolvemos o APP Contele Driver.

Esse aplicativo é parte do sistema Contele Rastreador, e foi feito para que o motorista participe ativamente da gestão de frota.

O aplicativo do motorista é baseado em 3 funções principais:

Identificação do Motorista: Isso é um problema do dia a dia, de toda empresa que possui diversos motoristas.

A primeira proposta do APP Contele Driver é identificar o motorista logo quando ele pega o veículo.

Registros de Abastecimentos: Os custos com combustíveis representam de 30% a 50% dos gastos totais de uma frota.

Em menos de 15 segundos, o motorista poderá registrar cada abastecimento, com a quantidade de litros, o valor pago e a contagem do odômetro.

Checklist do Veículo: Esse recurso dá a oportunidade ao motorista de participar ativamente na gestão da manutenção dos veículos.

No aplicativo do motorista, é possível indicar avarias no veículo, necessidade de reparação como a troca de óleo, entre outros itens.

Agora, tudo que acontecer com veículo na mão do condutor será registrado em tempo real.

Além disso, tudo se torna indicador no sistema, para a empresa analisar e tomar as ações necessárias.

Dessa forma, o condutor entenderá as suas responsabilidades na condução do veículo.

Quer saber mais sobre o APP Contele Driver? Veja o post abaixo:

Aplicativo do Motorista da Frota: Transformando o condutor em um parceiro na gestão

3. A motivação

Agora que os condutores entenderam as suas responsabilidades, é necessário motivá-los.

Uma tática comum e eficaz de motivação é um Programa de Incentivo dos Motoristas.

Reconhecer o seu esforço e recompensá-lo, é uma simples ação que traz benefícios para empresa de várias formas.

E ao contrário do que muitos pensam, premiar seus motoristas não é caro e ainda ajuda na economia.

Veja abaixo a entrevista que fiz com a Consultora de RH, Carolinne Gama:

Hora de colocar em prática

Agora que você já tem todas as dicas, está na hora de colocar o plano em prática e mudar de vez a cultura dos seus motoristas.

Com o treinamento, o condutor vai perceber a importância das suas ações no volante para a empresa e consequentemente para si.

Utilizando a tecnologia, ele pode ajudar ativamente na gestão da frota.

E usando as premiações, o motorista estará incentivado para alcançar os objetivos da empresa.

Mais uma vez espero ter ajudado com esse post!

Caso não seja você o responsável pela frota da empresa, compartilhe com quem é, tenho certeza que esse conteúdo ajudará muito.

Tudo sobre Gestão de Frotas no YouTube

Se você é gestor de frotas ou simplesmente cuida dos veículos da empresa, e gostou do conteúdo deste post, gostaria de deixar um convite:

Inscreva-se no nosso canal sobre gestão de frotas no YouTube, onde semanalmente postaremos conteúdos exclusivos e gratuitos para você.

Receba conteúdos no seu celular

Além disso, você pode receber todos os conteúdos novos diretamente no seu celular.

Basta clicar no botão abaixo e nos enviar a mensagem, que iremos te enviar um aviso sempre quando sair um conteúdo novo.