Posso descontar a multa de trânsito do meu motorista?

Posso descontar a multa de trânsito do meu motorista?

Sim, a empresa pode descontar as multas de transito do motorista, porém, é importante seguir algumas regras para ficar dentro da legislação.

As regras servem para qualquer funcionário contratado em regime CLT, não precisa estar registrado como motorista, ele pode ser um técnico ou um vendedor que utiliza o veículo da empresa.

O art. 462 e Art. 82 , da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, prevê a possibilidade de desconto quando há prévio acordo entre empresa e empregado, e, ainda, quando fica provada conduta dolosa, intencional por parte do empregado:

Em caso de dano causado pelo empregado, o desconto será lícito, desde de que esta possibilidade tenha sido acordada ou na ocorrência de dolo do empregado”.

Art. 462 Consolidação das Leis do Trabalho

Art. 82 – Quando o empregador fornecer, in natura, uma ou mais das parcelas do salário mínimo, o salário em dinheiro será determinado pela fórmula Sd = Sm – P, em que Sd representa o salário em dinheiro, Sm o salário mínimo e P a soma dos valores daquelas parcelas na região, zona ou subzona.

Parágrafo único – O salário mínimo pago em dinheiro não será inferior a 30% (trinta por cento) do salário mínimo fixado para a região, zona ou subzona.

Art. 82 Consolidação das Leis do Trabalho – Decreto Lei 5452/43

Primeiramente, apesar de ser óbvio, é muito importante ter certeza de qual motorista ou funcionário causou a multa. Nesse quesito, um sistema de rastreamento veícular pode ajudar muito.

O valor total de desconto das multas em folha de pagamento não pode ultrapassar 70% do salário, os outros 30% ele precisa receber.

Caso o valor a ser descontado seja superior aos 70%, o desconto pode ser parcelado em mais de um salário.

O desconto será lícito desde que acordado previamente, através do contrato de trabalho ou aditivo. . Baixe um modelo aqui: Termo de responsabilidade para utilização de veículos

Para isso, é muito importante que você respeite as regras de horas extras, estabelecidas na lei da jornada de trabalho, resumidas aqui neste post: Você conhece bem a Lei da jornada do motorista?

Além de descontar o valor da multa, é importante lembrar, que você precisa transferir os pontos dessa infração para a CNH do funcionário. Veja o post: Chegou uma multa de trânsito, e agora?

E como o assunto é sobre “multas e funcionários”, tenho certeza que os conteúdos abaixo irão lhe interessar:

O que fazer com funcionários rebeldes?

Agora acabou a brincadeira! Multas por excesso de velocidade, novas regras, valores e pontuação.

Mais uma vez espero ter ajudado!

Se ainda não é nosso cliente, e quer conhecer mais sobre como o nosso sistema de gestão de veículos pode lhe ajudar, clique em nossa página: Contele Rastreador.

Mais uma vez espero ter ajudado com esse post!

Caso não seja você o responsável pela frota da empresa, compartilhe com quem é, tenho certeza que esse conteúdo ajudará muito a sua empresa.

Tudo sobre Gestão de Frotas no YouTube

Se você é gestor de frotas ou simplesmente cuida dos veículos da empresa, e gostou do conteúdo deste post, gostaria de deixar um convite:

Inscreva-se no nosso canal sobre gestão de frotas no YouTube, onde semanalmente postaremos conteúdos exclusivos e gratuitos para você.

Tudo sobre Gestão de Frotas no Whatsapp

Além disso, você pode receber todos os conteúdos novos diretamente no seu Whatsapp.

Basta clicar no botão abaixo e nos enviar a mensagem, que iremos te enviar um aviso sempre quando sair um conteúdo novo.