Conheça os 3 erros mais comuns na manutenção da frota

Clique no play abaixo para ouvir o conteúdo do post:

Toda empresa com um ou mais veículos deve fazer a manutenção da frota corretamente para que não tenha surpresas desagradáveis.  

Essa ação faz com que a empresa economize no custo de manutenção e evite imprevistos com os veículos.

O objetivo desse post é fazer você trabalhar sempre com a manutenção preventiva e evitar ao máximo a manutenção corretiva.

Eu relacionei os 3 principais erros cometidos pelas empresas na manutenção da frota, veja quais são:

1. Falta de planejamento

É simples fazer um planejamento, mas muitos gestores ignoram isso.

Para criar um planejamento, relacione os principais itens de troca do seu veículo, como: pneus, óleo, filtros, etc.

Estabeleça as periodicidades de substituição dos itens por KM rodado ou por tempo. O manual do fabricante do veículo pode ajudar bastante.

Para te ajudar nessa tarefa, baixe a ficha médica do veículo no post:

[Modelo grátis] Ficha médica do veículo

2. Falta de análise das manutenções

Não basta só trocar a peça, é necessário analisar se ela foi substituída no prazo correto ou se foi trocada precocemente.

Por exemplo: um pneu trocado antes da hora pode ser falta de balanceamento.  

Analise as manutenções, e veja se é necessário fazer algo a mais.

Crie uma periodicidade para fazer essa análise em todos os veículos. Pode ser uma vez ao mês para você verificar todas as fichas médicas de cada veículo.

3. Não cumprimento da manutenção preventiva

Muitas vezes, a empresa tem um planejamento de manutenção, mas na correria do dia a dia não executa o planejado.

Provavelmente, aquela surpresa desagradável irá aparecer.

Quando o veículo para por falta de manutenção, o custo é sempre maior, pois mais peças serão trocadas e o tempo do veículo parado será maior.

Agora vamos a realidade do Gestor da Frota

Eu e você que gerencia uma frota, sabemos que é quase impossível ficar anotando a quilometragem de cada veículo em uma planilha.

Além disso, você teria que lembrar que tal veículo já chegou nos 20.000 km e está na hora de trocar o óleo, por exemplo.

Diante desta dificuldade, nós criamos um recurso no Contele Rastreador chamado KM Atingido!

Com ele você pode cadastrar no sistema eventos como: troca de óleo, revisão completa, alinhamento, entre outros.

Assim que o veículo atingir a quilometragem cadastrada, o sistema registra esse evento em relatório e te lembra através de um e-mail.

Tela do sistema onde é cadastrado o KM Atingido.

A boa notícia é que esse sistema se paga com o valor de 1/3 do tanque de combustível.

Conheça mais como o sistema poderá ajudar na sua manutenção da frota, acesse Contele Rastreador.

E já que estamos falando de manutenção, veja também esses dois posts que eu selecionei para você:

Manutenção dos veículos: Saiba qual item pode causar um prejuízo enorme

Como calcular o principal índice de manutenção

Espero que você tenha gostado de mais esse post.

Muito obrigado e até breve!

Conheça os 3 erros mais comuns na manutenção da frota
Avalie o post