O ranking de motoristas é uma estratégia feita na gestão de frotas para extrair o melhor dos motoristas, porém, sua aplicação está suscetível a erros.

Neste post, conheça os 6 erros mais comuns na hora de aplicar o ranking e premiação de motoristas:

O que é um ranking de motoristas?

O ranking de motoristas é uma ação feita pelo gestor de frota para incentivar os condutores a baterem metas da empresa, como:

  • Redução no consumo de combustível;
  • Queda no número de multas;
  • Manutenção dos veículos em dia.

Quando os condutores chegam no topo do ranking, eles podem ser premiados com prêmios em dinheiro, folga, ou algo que faça eles almejarem a conquista.

Porém, essa ação não está isenta de erros, que podem ao invés de motivar, desmotivar.

Por isso, acompanhe comigo os 6 erros que não devem ser cometidos.

Erro 1: Regras complexas

Vamos imaginar que você criou o ranking de motoristas na sua gestão, chegou nos colocados, mas ninguém conseguiu entender o motivo deles estarem no topo pela regra ser muito complexa.

No dia a dia, isso vai atrapalhar, pois se os motoristas não entenderem a regra do jogo, eles ficarão com dúvidas sobre o que fazer para alcançar a meta, farão errado, e por fim, vai desmotivá-los.

Por isso, trabalhe com regras simples de decorar, para ser fácil o entendimento pelos motoristas..

Erro 2: Metas inatingíveis

Se o veículo da sua empresa faz 5,0 km/l, não exija que o motorista faça ele rodar 10,0 km/l em 30 dias!

Estipule metas graduais para que o motorista vá pegando confiança do seu trabalho, e assim conquistando os objetivos.

As metas da sua gestão de frota devem ser difíceis, mas não impossíveis.

Erro: 3. Metas injustas

Praticamente todas as empresas possuem mais de uma categoria de veículos na frota, e caso seja tudo igual, existirão operações diferentes.

Um exemplo disso é um veículo que roda apenas em estrada, enquanto outro roda apenas na cidade.

Por isso, você deve estipular regras de premiação diferentes para cada uma dessas categorias.

Não seria justo classificar motoristas que rodam 5.000 km por mês com quem roda menos de 1.000 km, certo?

Erro 4: Indicadores complexos

Escolha métricas simples e certeiras para analisar os resultados dos motoristas.

Vejo muitos gestores perdendo horas do dia para analisar indicadores que não vão fazer muita diferença na frota, como:

  • Quantidade de freadas e acelerações bruscas;
  • Pressão dos pneus;
  • RPM (Conta Giro do Motor).

O foco deve ser a análise de indicadores que vão te apontar a redução de gastos, como:

  • Excesso de velocidade
  • Consumo médio de combustível;
  • Pontualidade nas entregas.

Esses tipos de indicadores são benéficos para o motorista, que consegue acompanhá-los e corrigi-los.

Erro 5. Prazos muito longos

Os resultados e premiações do ranking podem ser semanais, quinzenais ou mensais, mas nunca somente anuais!

O trabalho de motivação e cumprimento de metas é constante, e precisa ser sempre reforçado pelos gestores de frota.

Um ranking anual resulta em um grande espaço de tempo, que pode fazer o motorista não se interessar pelo prêmio.

Esse tempo longo vai dispersar a atenção do motorista no ranking, perdendo a sua efetividade.

Erro 6: Tipo de premiação

Não é necessário ter grandes orçamentos para realizar um ranking de premiação dos motoristas.

Além do dinheiro, os motoristas podem se agradar com outros tipos de premiação, como:

  • Caminhão novo para trabalhar;
  • Folgas;
  • Jantar para levar a esposa;
  • Viagens.

Acompanhe as métricas dos motoristas da frota

Eliminando todos os erros acima, você está mais que pronto para fazer um ranking e premiação de motoristas.

Para colocar em prática, só falta um sistema de gestão de frotas que entregue métricas confiáveis dos veículos e motoristas da sua frota, como o Contele Rastreador é.

Veja também esses 2 conteúdos sobre premiação dos motoristas:

Facilite a sua gestão de veículos com Lives semanais

Se você é gestor de frotas ou simplesmente cuida dos veículos da empresa, e gostou do conteúdo deste post, gostaria de deixar um convite:

Inscreva-se nas Lives Semanais sobre Gestão de Frotas, e aprenda métodos e técnicas, gratuitamente, que vão potencializar a sua gestão de veículos e condutores, reduzindo custos e aumentando a produtividade.

Participe da Comunidade Frota Para Todos no WhatsApp

Além de poder trocar informações e experiências com gestores de frotas, você pode receber todos os conteúdos novos do blog e canal do Youtube diretamente no seu celular.

Basta clicar no botão abaixo e entrar no grupo, é totalmente grátis!

P.S.: Temos regras no grupo para manter o foco na gestão de frotas, portanto ao entrar veja a descrição e aproveite muito a nossa comunidade!

Autor

O meu nome é Julio César, CEO da Contele Rastreador e autor deste blog. Graduado em Engenharia Eletrônica e em Processamento de Dados e MBA em Gestão Empresarial pela FGV.