Gestão de Multas de Trânsito: 3 fatores que reduzem custos da frota

Gestão de Multas de Trânsito: 3 fatores que reduzem custos da frota

A falta de gestão de multas de trânsito pode ser um grande problema para gerentes de frotas.

Essa gestão exige habilidades administrativas para que tudo esteja dentro da ordem.

No post anterior, dei dicas de como recorrer de multas de trânsito e, hoje, vou mostrar como fazer a gestão dessas infrações da sua frota.

É um fato que os gerentes de frota têm pesadelos com relação às multas de trânsito de suas empresas.

Alguns profissionais até tentam fazer a gestão de multas de trânsito, com o objetivo de redução de custos.

Mas o que vemos, no geral, são poucos resultados e mais dores de cabeça.

Com o tempo, aprendi que você deve focar em fatores que são simples e geram mais resultados para a empresa.

Por isso, vou listar 3 fatores que influenciam nas multas de trânsito e, com a devida atenção, reduzirá seus gastos com infrações à ZERO.

Quais são as implicações em não fazer a gestão de multas de trânsito?

Os veículos da frota são um ativo da empresa, e quem faz o gerenciamento desses veículos deve zelar pelo seu patrimônio.

Se você não faz uma gestão de multas e nem promove ações para reduzi-las, ocorrerão problemas como:

  • Aumento de acidentes de trânsito;
  • Pagamento de autuações injustas;
  • Aumento de gastos com manutenção e combustível;
  • Injustiças internas em relação a quem cometeu a infração;
  • Imagem negativa da empresa devido a ‘’barbeiragens’’ no trânsito;
  • E claro, aumento dos gastos com as multas.

Então, se você entendeu o como isso pode ser prejudicial para a sua empresa, vou passar os 3 fatores que você deve prestar atenção:

1. Política de Frota

A política de frota é um documento elaborado com a participação de todos os setores que envolvem a frota de veículos uma empresa.

O documento é onde se organiza tudo relacionado a utilização dos veículos da empresa, desde a gestão de fornecedores até os procedimentos internos dos setores envolvidos com a frota na empresa.

Determinar regras de uso do veículo, como velocidade e horários de uso, é uma das principais ações para reduzir a quantidade de multas que a sua empresa sofre.

É muito importante que a sua política de frota também estabeleça uma autorização para desconto de eventuais multas, caso a responsabilidade seja do condutor.

Só assim, a sua empresa poderá fazer os descontos em folha das infrações dos motoristas no trânsito.

Fiz um vídeo para o meu canal sobre gestão de frotas, mostrando a importância jurídica de ter uma política de frota. Veja:

Preparamos um modelo de política de frota pronto para você editar e implementar em sua empresa.

Personalize este documento de acordo com seu perfil, pois sabemos que muitas empresas tem particularidades específicas.

Modelo Política de Frota

2. Treinamento dos Motoristas

É um fato que o motorista é o fator principal na redução das multas.

Sendo o maior responsável pelas autuações de trânsito, o condutor precisa ser treinado e aconselhado para ter uma boa direção no trânsito.

Faça treinamentos internos, que orientam o seu motorista a ter uma condução segura dos veículos, respeitando as leis de trânsito.

O jornal Metro mostrou que no ano passado os motoristas de ônibus de São Paulo reduziram em 31% as infrações de trânsito, graças a programas de treinamentos e qualificação profissional.

Irei disponibilizar o Ebook grátis ‘’Sobrevivência no Trânsito’’ de uma parceria que fizemos há um tempo atrás.

Com esse ebook, você e seu motorista farão um treinamento que orienta a forma correta de condução dos veículos da empresa, o que além de reduzir multas de trânsito, reduzirá também gastos com combustível, manutenção e acidentes.

Existem muitos cursos e treinamentos disponibilizados gratuitamente na internet, para você fazer presencialmente e remotamente (aulas online).

Então, não existem desculpas para não treinar e orientar os motoristas a dirigir de forma segura e defensiva.

3. Controle das Multas de Trânsito

Após cuidar dos 2 fatores anteriores, o mínimo que você deve fazer é ter um controle das multas de trânsito.

É fundamental que você controle as multas de trânsito da sua empresa, no sentido de registrar e relatar todas as infrações cometidas, separadas por datas, motoristas, valores, veículos, etc.

Para te ajudar, já criamos uma planilha para controle de multas de trânsito que você pode usar.

Basta cadastrar veículos, motoristas e, assim, você vai registrando os dados das multas que forem chegando, na planilha.

Planilha Controle de Multas

Com esses relatórios e registros, você poderá trabalhar ações para a redução dos custos com essas multas.

É bom deixar claro que, em casos de multas graves, algumas infrações possuem o fator multiplicador, o que torna o custo cada vez mais alto.

Então, nesse caso, mesmo que o controle seja posterior ao ocorrido, essa gestão lhe dará suporte para ações que visam a redução de infrações.

Por exemplo, se um motorista está sendo mais autuado que o restante da frota, com essa informação, você poderá advertir o motorista para que mude seu comportamento no volante.

Outros dois problemas que podem surgir no controle das multas de trânsito são:

1. Se a autuação é justificada;

2. Quem cometeu a infração (em casos que o mesmo veículo é utilizado por mais de um motorista)

Como recomendei no post sobre recorrer de multas, em um primeiro momento é interessante que você veja a questão formal da multa.

Caso ela não possua nenhum erro formal, você precisará de um sistema de rastreamento para verificar se realmente o veículo estava na hora e no local da infração.

Contele Rastreador – Sistema de Rastreamento e Gestão de Frotas

Já aconteceram muitos casos aqui na Contele Rastreadores em que o cliente conseguiu provar, por meio das rotas realizadas do veículo da frota, que uma multa era injusta e anulou a infração.

O outro problema que pode aparecer durante o controle das multas de trânsito é saber quem realmente estava no volante no momento da infração.

Caso você faça um controle de entrada e saída de veículos por meio de planilhas, é possível cruzar os dados e verificar quem estava com o carro da empresa no momento da infração.

Veja o post: Chegou uma multa de trânsito, e agora?

Mas se o objetivo é automatizar funções, reduzir custos e aumentar a produtividade com toda a certeza o caminho é um sistema de rastreamento e gestão de frotas.

Você tem dúvidas de quem estava dirigindo no momento da infração?

Veja: Como a Cia do Tio João reduziu em 60% as multas de trânsito da frota

Se você quer conhecer mais sobre como o nosso sistema de rastreamento e gestão de frotas pode lhe ajudar a reduzir as multas de trânsito, acesse agora mesmo Contele Rastreador.

Além disso, gostaria de deixar aqui o convite para você conhecer o meu canal sobre gestão de frotas no Youtube. Lá, você terá acesso a muitos conteúdos gratuitos e vídeos exclusivos.

Mais uma vez espero ter ajudado com esse post!

Caso não seja você o responsável pela frota da empresa, compartilhe com quem é, tenho certeza que esse conteúdo ajudará muito a sua empresa.

Tudo sobre Gestão de Frotas no YouTube

Se você é gestor de frotas ou simplesmente cuida dos veículos da empresa, e gostou do conteúdo deste post, gostaria de deixar um convite:

Inscreva-se no nosso canal sobre gestão de frotas no YouTube, onde semanalmente postaremos conteúdos exclusivos e gratuitos para você.

Tudo sobre Gestão de Frotas no Whatsapp

Além disso, você pode receber todos os conteúdos novos diretamente no seu Whatsapp.

Basta clicar no botão abaixo e nos enviar a mensagem, que iremos te enviar um aviso sempre quando sair um conteúdo novo.