Um jeito simples de mudar o comportamento do motorista

Clique no play abaixo para ouvir o conteúdo do post:

Resolvi fazer um vídeo para te mostrar um jeito simples de mudar o comportamento do motorista.

Se você está se perguntando porque deve fazer isso, vou te explicar os motivos.

Em resumo, o comportamento do motorista no volante influencia diretamente nos seguintes itens:

  • Aumento das chances de acidentes rodoviários devido ao excesso de velocidade (o Brasil é o 4°. no Ranking Mundial de Acidentes);
  • Aumento do gasto com combustível;
  • Aumento das multas e pontuação na CNH;
  • Maior desgaste do veículo, aumentando os gastos com manutenção.

Assista o vídeo para entender melhor:

Quando você contrata rastreadores para a frota de veículos, no início, acontece uma mudança positiva no comportamento do motorista.

Entretanto é necessário manter o controle, caso contrário, o comportamento volta a ser como era antes.

Temos vários casos de como essa receita funciona! E você só investirá 1h por mês.

Não precisa instalar nenhum sistema complexo de telemetria e gastar fortunas para isso.  

Além de que, no dia a dia, não dá para ficar analisando relatórios com várias informações como RPM, curvas, freadas, etc…

Veja um post sobre o assunto de curvas bruscas e freadas:

Você sabe o que é Driver Behavior?

Enfim, você só precisa visualizar 2 indicadores no sistema de rastreamento:

Quantidade de eventos de Velocidade Excedida.

Primeiramente, acompanhe apenas o total de eventos mostrados no final do relatório:

Relatório de velocidade excedida
Relatório de velocidade excedida

Quantidade de eventos de motor ligado com carro parado.

Aqui você deve fazer o mesmo. Acompanhe apenas o total de eventos mostrados no final do relatório:

comportamento do motorista
Carro parado com motor ligado

Além disso, é imprescindível que você mostre os números de alguma forma para todos os motoristas.

Para aprimorar seus resultados, você pode fazer análises individuais, por motorista ou por veículos.

Dica 1: Premie os melhores e dê advertência aos abusos.

Dica 2: Para atingir resultados mais rápidos, você pode fazer essa análise semanal ao invés de mensal.

Portanto, mudar o comportamento do motorista é bem simples e rápido. E com a garantia de que o retorno será imenso.

Veja também esses 2 posts que cito no vídeo e que estão relacionados ao assunto:

O que fazer com a informação de velocidade excedida?

Para que serve o recurso de “carro parado com motor ligado”?

Espero que você tenha gostado de mais esse post.

Muito obrigado e até breve!