4 maneiras de identificar o condutor do veículo da frota

4 maneiras de identificar o condutor do veículo da frota

Uma questão muito presente na gestão de frota é a de como identificar o condutor dos veículos.

Por mais que pareça algo simples, esse pode ser um problema sério para algumas empresas.

Seja você o gestor da frota ou dono da empresa, saber quem está dirigindo o veículo é essencial.

Pensando nisso, eu decidi fazer um vídeo, ensinando 4 maneiras de como identificar o condutor do veículo:

A importância de identificar os motoristas:

Existem algumas dores comuns em todas as empresas que possuem veículos, mas não identificam os condutores.

Normalmente, empresas que têm rotatividade de motoristas no mesmo veículo, sofrem por não saber quem cometeu a infração, ou entregou o carro com avarias.

Além disso, não identificar o motorista responsável pela a infração, impede legalmente a empresa de fazer o desconto da multa.

Um problema também da falta de identificação dos condutores é a “liberdade” no volante.

Ao ser identificado, o condutor mudará o seu modo de dirigir, reduzindo custos e evitando abusos.

Para resolver esses o outros problemas, vou listar 4 maneiras de identificar o motorista:

1. Identificação por papel ou planilha:

É uma prática antiga nas empresas ter um funcionário, com a responsabilidade de anotar quem está utilizando o veículo, em qual horário pegou o veículo, etc..

Esse é um dos meios mais antigos de se identificar o condutor.

Apesar de existirem maneiras mais atuais e práticas, muitas empresas ainda preferem continuar com esse formato.

Nesse método, não tem como fornecer outras informações relacionadas a identificação, como a rota percorrida ou velocidade atingida.

Além disso, todo esse processo que conta com registros manuais, está sujeito à falhas.

2. Identificação manual no sistema:


Um método um pouco mais atual, é indicar o condutor no sistema de rastreamento.

No sistema Contele Rastreador, por exemplo, a identificação pode ser feita pelo aplicativo do gestor e pela web.

Esse método elimina planilhas e papéis, mas ainda depende de ações manuais da empresa.


Para começar é bom, mas não se acomode..

Os métodos manuais são ótimos para quem quer sair do zero, e dar os primeiros passos na gestão eficiente da frota. 

Mas, com certeza, existem métodos mais práticos para a sua empresa.

3. iButton e Cartão RFID;

O iButton, assim como cartão RFID, são métodos de identificação semiautomáticos, que contam com um leitor no painel do veículo da frota.

Chaveiro iButton

Assim que o condutor passar o cartão ou iButton no leitor, a identificação é enviada e registrada no sistema.

Esse método depende menos de ações manuais e dá mais confiabilidade nas informações.

Porém, tratando-se de um hardware (dispositivo físico), ele é passível a problemas, como mau contato, esquecimento, etc.

4. Aplicativo do motorista

Buscando por métodos que sejam eficientes, seguros e práticos, desenvolvemos uma maneira de identificação do motorista por um aplicativo, o Contele Driver.

Esse aplicativo é parte do sistema Contele Rastreador, e foi feito para que o motorista participe ativamente da gestão da frota.

Antes de pegar o veículo, o condutor deve digitar o PIN pelo aplicativo, ou escanear um QRCode.

Identificação do Motorista no APP Contele Driver

Todas as rotas realizadas, eventos, entre outras funções do sistema, serão mostrados com a identificação de quem estava dirigindo.

E já que estamos dispostos a fazer uma gestão eficiente, por que não buscar outros indicadores para reduzir custos?

Além de identificar o motorista que está no veículo, o sistema coleta informações importantes para gestão da frota, como:

Controle de Abastecimento

Como já falei em outros posts, os gastos com combustíveis chegam a representar 50% dos gastos totais de uma frota.

Ter controle desse indicador, é tão essencial quanto a identificação do motorista.

Em poucos segundos, o motorista poderá registrar cada abastecimento pelo APP, com a quantidade de litros, o valor pago e a contagem do odômetro.

Registro de Abastecimento no APP Contele Driver

Assim, os dados vão para o sistema, e a empresa poderá ver o consumo médio dos veículos, encontrando problemas e estabelecendo metas no consumo.

Checklist do Veículo

Essa técnica já é utilizada em grandes empresas, e ela reduz o custo total de manutenção dos veículos em torno de 16%.

O Checklist do Veículo se trata de uma série de verificações no veículo, algumas simplesmente visuais.

No aplicativo do motorista, ele poderá indicar avarias no veículo, necessidade de reparos, entre outros itens.

Checklist do Veículo no APP Contele Driver

Esse recurso incentiva o condutor a participar ativamente da gestão de manutenção da frota.

Além disso, todas as informações se tornam indicadores no sistema para que você, gestor, possa analisar e agir do modo necessário.

Quer saber mais sobre o APP Contele Driver? Veja o post abaixo:

Aplicativo do Motorista da Frota: Transformando o condutor em um parceiro na gestão

Agora, cabe a você, que cuida dos veículos da empresa, decidir o melhor para sua frota.

O que você não pode fazer, é deixar de ter a identificação de quem está dirigindo. 

Mais uma vez espero ter ajudado com esse post!

Caso não seja você o responsável pela frota da empresa, compartilhe com quem é, tenho certeza que esse conteúdo ajudará muito a sua empresa.

Participe de Lives Semanais sobre Gestão de Frotas

Se você é gestor de frotas ou simplesmente cuida dos veículos da empresa, e gostou do conteúdo deste post, gostaria de deixar um convite:

Inscreva-se nas Lives Semanais sobre Gestão de Frotas, onde semanalmente postaremos conteúdos exclusivos e gratuitos para você.

Receba conteúdos no seu celular

Além disso, você pode receber todos os conteúdos novos diretamente no seu celular.

Basta clicar no botão abaixo e nos enviar a mensagem, que iremos te enviar um aviso sempre quando sair um conteúdo novo.