O custo da frota ficou mais caro. O que fazer?

Em 2018 você terá um desafio a mais, pois o custo da frota ficou ainda mais caro.

Em 2017 o valor médio do litro da gasolina saiu de R$ 3,768 para R$ 4,085. Um aumento real em torno de 8%. Fonte oficial: http://www.anp.gov.br

Considerando que, de todos os custos da sua frota, o combustível é o responsável pela maior parcela, posso afirmar que o custo da frota ficou mais caro!

Além do combustível, outros itens como: peças automotivas, lavagens, salários e seguros, também aumentaram devido a inflação.

Mas sempre tem uma solução!!!

Agora mais do que nunca, você precisa reduzir o custo da frota, melhorando a gestão e consumindo menos combustível.

E para te ajudar nessa tarefa um bom sistema de rastreamento veicular é imprescindível.

Com ele você terá a visão de tudo o que acontece com sua frota em tempo real e também através de relatórios.

Você também irá ganhar tempo para fazer uma gestão profissional ao ter informações rápidas, verdadeiras e precisas.

Além disso, você irá notar que o comportamento dos motoristas muda radicalmente com a instalação de um sistema de rastreamento.

Com isso, você irá apurar um consumo de combustível muito menor em sua frota, gerar relatórios de abusos no volante, e premiar os melhores motoristas.

Um bom sistema de rastreamento veicular custa em torno de 2% do custo mensal de um veículo leve. Essa solução se paga rapidamente com o ganho de tempo e a economia gerada!

Veja os seguintes posts para completar este raciocínio:

7 ações para serem feitas após a instalação do rastreador

Por que o rastreador vai reduzir o custo com meus veículos?

[Planilha grátis] Como calcular o custo do KM rodado

Se você quiser conhecer mais sobre como o nosso sistema de gestão de frota pode lhe ajudar, clique em nossa página: Contele Rastreador.

Espero que você tenha gostado de mais este post.

Deixe seu comentário ou faça sua pergunta que eu terei o maior prazer em responder.

Ah! E se você gostou, compartilhe!

Muito obrigado e até breve!

O custo da frota ficou mais caro. O que fazer?
5 (100%) 1 voto